Como criar filhos emocionalmente saudáveis

Como criar filhos emocionalmente saudáveis

dezembro 10, 2020

Saber como criar filhos emocionalmente saudáveis é mesmo um desafio. Como mãe nos deparamos com situações constantes, pelas quais nos vemos em uma batalha:

De um lado o que achamos ser certo (nossa mente lógica e racional)

Do outro lado nosso coração…

Muitas vezes me deparo nessa situação…

Devemos sempre parar e refletir: Como mães, ao fazermos o que pensamos ser correto, vamos encorajar nossos filhos e fortalecê-los, porém, o contrário também é verdadeiro; podemos quebrar um coração profundamente e deixar uma cicatriz para o resto da vida, enfraquecendo-os, ao invés de empoderarmos a vida e o espírito dos nossos maravilhosos filhos, e acabamos prejudicando sua parte emocional.

Em cada uma dessas situações, nós, como mães, podemos escolher quebrar, despedaçar ou fortalecer. Mas como saber?

Como boas mães precisamos lembrar que as crianças, quando estão apenas sendo elas mesmas, não se preocupam com as coisas que nós, mães, nos preocupamos tanto. Este é o caminho para criar os filhos emocionalmente saudáveis.  

Por exemplo, o que as pessoas vão pensar e falar? Queremos passar para a sociedade que somos Boas Mães, e nossos filhos conquistam medalhas, tem excelente educação e boas notas e são super comportados, uns anjinhos!

No entanto, nada disso passa pela cabeça de uma criança! Elas querem apenas ser elas mesmas!

Ao invés de serem ansiosas, as crianças mergulham de cabeça no viver… arriscando tudo…

Como ser uma Mãe Plena?

 

 

Como mãe, tenho que agir com meu filho, como se ele fosse uma pessoa integral, como eu… com todas as emoções que eu tenho… felicidade, tristeza, alegria, medo, imaginação, ingenuidade, capacidade de se maravilhar e curtir a vida e tudo o mais.

Porém, como muitas outras mães, devido a vida corrida e agitada que temos hoje, eu me vejo muitas vezes perdendo grandes oportunidades que a vida me oferece, diariamente. Me vejo em situações, pelas quais o meu desejo de ensinar é tão grande, que nem percebo as maravilhas pelas quais meus filhos estão se revelando e se mostrando para mim…

Uma pessoa única, como ninguém mais e, quando percebo esse momento único, fico maravilhada e agradeço a vida por mais esta oportunidade, este presente!

Como mães devemos estar conscientes de que não estamos criando uma cópia de nós mesmos… geramos e estamos criando um ser único! Um espírito com suas próprias características e propósitos, pleno para expandir-se, no mundo.

É importante separarmos quem somos, de cada um dos nossos filhos.

Nossos filhos não são nossos, mas muitas vezes agimos como donos de suas vidas. Ao invés de suprir as necessidades de nossos filhos, nós temos a tendência a querer suprir nossas próprias ideias, pensando que assim suprimos as expectativas deles.

Quando entendemos isso, na profundeza de nossas almas, passamos a suprir somente as necessidades dos nossos filhos, ao invés de querer suprir as nossas próprias necessidades.

Até mesmo quando temos as melhores intenções, encorajando nossos filhos a serem verdadeiros com eles mesmos, muitas vezes caímos no erro e colocamos nossos filhos como nossas prioridades.

E qual é a consequência disso?

Filhos emocionalmente saudáveis ou debilitados?

A consequência é que o relacionamento entre mãe e filho mata o espírito de uma criança, ao invés de empoderá-lo e deixá-lo expandir e crescer.

Esse é o grande motivo que as crianças estão cada vez mais repletas de problemas, inclusive no âmbito na sua saúde emocional e muitas delas ainda são, infelizmente, chamadas de “disfuncionais”.

Cada uma de nós, quando nos tornamos mães, criamos uma visão de como tudo será, e muitas vezes, essas visões são apenas fantasiosas e utópicas. Valores e crenças que jamais examinamos profundamente.

Não vemos um real motivo para questionar nossas ideias, do por que acreditamos estar certas, e por que achamos que não temos nada para repensar… será?

E com estas visões distorcidas, temos expectativas erradas em relação aos nossos filhos e como pensamos que eles devem se expressar no mundo.

Não percebemos que ao impor nossa maneira de ser para um filho, acabamos nos prendendo ao espírito dele.

Por exemplo, se temos sucesso no que fazemos, nós criamos expectativas que nossos filhos também farão muito sucesso nestas mesmas áreas.

Se somos artísticos, temos a tendência de querer influenciar nossos filhos a serem artísticos também.

Se éramos acadêmicos na escola esperamos também, o mesmo para os nossos filhos.

Se não conseguimos ir para a escola ou para uma faculdade, temos medo que nossos filhos passem por isso como nós passamos, e fazemos de tudo para que nossos filhos não passem pelas mesmas situações difíceis que vivenciamos em nossa vida.

Nós queremos aquilo que “achamos” ser o melhor para criar filhos emocionalmente saudáveis, porém, quando tentamos fazer isso, esquecemos que, o que existe de mais importante é o direito que um filho tem de ser ele mesmo e comandar sua própria vida de acordo com seu espírito e o seu propósito.

Mas, no mundo das crianças, tudo é possível!

Um filho vem para nós com o olhar repleto de infinitas possibilidades e cada um de nossos filhos tem o seu próprio destino para viver!

As crianças (por mais incrível que pareça), sabem muito bem quem elas são e o que elas querem ser no mundo, mas nossas visões limitadas podem destruir esse potencial lindo, poluindo-o com nossas limitações. Se não nutrirmos o propósito de um filho, este por sua vez, acabará não florescendo…. Resultando em um adulto desconectado e perdido, emocionalmente desestruturado.

Nos tornamos mães neste mundo para ajudar nossos filhos a cumprirem os seus propósitos, porém se não formos plenas, jogamos nossos próprios sonhos nos propósitos deles, e acabamos sem perceber que cada um de nós, somos seres únicos, com sua tarefa única, cada qual com seu propósito neste mundo.

É por isso que muitas de nós, mães, não nos conectamos com nossos filhos. Muitas de nós, mães, não nos conectamos nem conosco mesmas, então como vamos poder nos conectar com nossos filhos?

Uma Mãe plena sente seu próprio coração!

 

 

Como podemos sentir o espírito, a alma de um filho, se não conseguimos sentir nosso próprio coração, nossa alma, nossa própria vida?

Se somos mães desconectadas conosco, será que existe alguma dúvida do porquê não conseguimos nos conectar com nossos filhos?

Se estamos perdidas e desconectadas, como podemos ajudar nossos filhos e criar pessoas emocionalmente saudáveis?

Nós devemos ser mães em total conexão com o nosso próprio espírito, a nossa própria verdade! Devemos ser mães plenas, mães vivendo o presente momento, ancoradas no agora, para podermos ajudar nossos filhos com o nosso mais puro exemplo e, presenciarmos nossas vidas crescendo e expandindo juntos, mãe e filho.

Agora sim, respiramos profundamente… vamos dar uma pausa…

Eu, Vanessa Scott, quero deixar aqui uma meditação poderosíssima para que você, mãe, e antes de tudo mulher… reconectar-se!

Vem comigo:

Meditação – Restaurando a Deusa em Você

Um presente para você mulher – uma poderosa meditação para ajudá-la a despertar, recuperar e proclamar novamente o seu sagrado poder feminino.

Centre-se e conecte-se com seu coração, com seu ventre e a sua poderosa deusa guerreira, recupere todo o poder que sempre foi seu, mas que você pode ter perdido ou roubado de você….

Será uma viagem maravilhosa que irá curar, cicatrizar e transformá-la! Assuma o seu poder de Deusa, a sua sensualidade e a sua importância no Universo!

Logo mais, em janeiro de 2021, lançaremos um curso que irá transformar a sua vida.

Vocês mães, entenderão porque são capazes de mudar, já que o que estão fazendo não está funcionando.

Eu, Vanessa, estudei, pesquisei e estou amando fazer este curso para você, tão mãe quanto eu, sabemos das nossas dificuldades; estou colocando em prática aqui, com meus dois filhos e os resultados são instantâneos!!!

Você vai se reconectar consigo mesma e com seu filho, o Ser Divino que a vida lhe presenteou!

Clique no link e deixe seus dados para entrar na nossa lista VIP e ser avisada em primeira mão!

Gratidão de todo meu coração

Vanessa Scott

Deixe uma resposta

avatar
  Se inscrever  
Notify of