Meditação em 10 passos: saiba como aprender a meditar

Meditação em 10 passos: saiba como aprender a meditar

maio 15, 2020

A meditação é uma prática que exige treino e dedicação para ser aprendida. Com a meditação você aprende a se elevar para um estado mental de calma e concentração. Mas, afinal como aprender a meditar?

Existem muitos métodos diferentes de meditação, mas não se preocupe com isso.

Neste artigo separamos 10 passos para te ajudar a meditar e assim alcançar a tranquilidade e paz interior.

Benefícios da meditação

Antes de mais nada queremos apresentar a você alguns bons motivos para você começar a meditar hoje mesmo. A prática da meditação traz benefícios comprovados cientificamente. Conheça alguns deles:

  • Redução do estresse;
  • Melhora na ansiedade;
  • Insônia reduzida;
  • Fortalecimento da memória;
  • Melhoramento do foco e da atenção;
  • Sistema imunológico fortalecido;
  • Diminui a depressão e ansiedade;
  • Melhora na cognição.

Quer saber mais sobre os benefícios e seus dados científicos? Você encontra mais informações aqui nesses artigos:

Meditação Guiada: saiba o que é e conheça os benefícios
Meditação Mindfulness: conheça os benefícios dessa prática

10 passos para você meditar

Para meditar é preciso seguir passos simples e que farão toda a diferença nessa prática extremamente benéfica para corpo e mente e alma.  Confira abaixo um passo a passo de meditação para iniciantes e comece a colher os benefícios hoje mesmo.

1. Escolha um lugar confortável

Acomode-se em um lugar confortável onde você tenha certeza de que não será interrompido por, no mínimo, três minutos. Com apenas alguns minutos por dia você perceberá ganhos em qualidade de vida

2. Selecione uma música relaxante

Coloque uma música calma se quiser ou acender um incenso, o que for melhor para você. Esses elementos potencializam a experiência da meditação. Neste post você terá dicas de como escolher a trilha ideal: Música para meditação: como escolher a ideal e benefícios

3. Posicione-se confortavelmente

Ajeite-se numa posição confortável, sentado ou deitado, e respire fundo. Com os olhos fechados, o objetivo é desconectar-se de tudo: preocupações, afazeres, dispositivos eletrônicos… Lembre-se que é  impossível não ter pensamentos, não é esse o objetivo. A ideia aqui é tornar-se um expectador de si mesmo, de suas sensações, perceber seus pensamentos sem se envolver neles. Sem julgamentos, apenas aceitação.

4. Concentre-se na respiração

Aqui a consciência corporal começa a ganhar espaço. Preste atenção ao movimento de inspirar e expirar, seu pulmão enchendo de ar, seu coração batendo, sua energia vital pulsando a vida.

5. Técnica de 4 segundos para respiração

Recomendo a técnica de respiração de inspirar 4 segundos, segurar 4 segundos e expirar em 4 segundos. Preste atenção na respiração, sinta seu corpo, ouça seu coração e perceba como seu pulmão desce e sobe.

 

6. Esvaziamento da mente

Esvazie a mente, tentando deixá-la o mais leve possível. Durante a meditação não é preciso brigar com os pensamentos numa tentativa de ignorá-los. Deixe que eles venham, assista-os, agradeça e, assim, retorne seu foco a sua respiração.

7. Observe as imagens trazidas pela sua mente

Nesse momento algumas imagens podem aparecer em sua tela mental. Observe-as bem mas não ao ponto de pensar muito sobre o que vê. É muito comum receber mensagens, símbolos e inspirações divinas quando estamos em um profundo estado meditativo. Espiritualmente falando, se você tiver uma grande ideia, que deixe seu coração extremamente feliz pode ter certeza que foi uma mensagem divina! Não perca tempo pratique essa ideia.

8. Dê tempo ao tempo

Se for uma das suas primeiras vezes meditando, não se culpe por não conseguir ficar muito tempo e nem fique ansioso. Lembre-se: para ter aquele corpo dos seus sonhos ou para correr uma maratona você precisa praticar diariamente. Com a meditação isso não é diferente.

9. Retome a consciência vagarosamente

Quando sentir que já foi o suficiente, comece a retomar a consciência do mundo ao seu redor. Mexa devagar os dedos dos pés, das mãos, respire fundo e sinta a energia no seu corpo. Abra os olhos devagar e observe o ambiente. Caso tenha visto algo, anote rapidamente e faça isso em todas as suas meditações.

10. Aproveite a sensação de bem-estar

Ao término da meditação perceba que seu corpo estará muito mais leve, a mente mais limpa e seu emocional mais equilibrado. Agora é hora de levantar-se e voltar à vida cotidiana normalmente.

Não se esqueça de praticar todos os dias. Só assim você irá evoluir e permanecer em estado meditativo por mais tempo.

Quais horários são indicados para fazer meditação?

Muitos estudiosos recomendar meditar ao amanhecer, por volta das 5h da manhã. Mas se para você soar impossível acordar nesse horário, aconselho que escolha a hora que melhor funcionar para você.

Se a sua rotina for intensa, tente encaixá-la em algum horário que seja mais folgado. Também não é necessário meditar mais de uma hora. Não se prenda a paradigmas!

Se você está começando, ouça abaixo pelo Spotify meditações rápidas e curtas que irão lhe ajudar a iniciar pelo caminho maravilhoso da meditação:

Comece com essa de apenas 3 minutos. Um pequeno alerta para o seu corpo que seus hábitos começaram a mudar.

Um passo de cada vez. Estamos na segunda meditação e aumentamos apenas dois minutos. Você está indo bem.

Chegamos em 10 minutos. Você já avançou bastante e seu cérebro está se acostumando a meditar. Continue firme, você consegue!

Agora é fácil: é só continuar nesse mesmo ritmo que você em breve conquistará uma vida mais completa.

Um presente para você

Se você chegou até aqui um presente lhe é mais que merecido! Baixe agora nossa e-book criado especialmente para ajudar você a fazer da meditação uma rotina:

Deixe uma resposta

avatar
  Se inscrever  
Notify of